Grupos Corais da Freguesia

Grupo Coral Feminino e Etnográfico “As Papoilas” do Corvo

Fundado em Junho de 2001, este Grupo Coral Feminino e Etnográfico é natural da Aldeia do Corvo (Castro Verde). Apresenta-se trajado com uma farda representativa do trabalho do campo, nomeadamente a ceifa e a monda. O grupo gravou o disco Zuca Zuca   (2006). Participou no filme Canto a Vozes  (Francisco Manso); Caderno de Danças do Alentejo   (Lia March, 2010); o mais recente trabalho de Tiago Pereira Dêem-me Duas Velhinhas e eu Dou-vos o Universo   (2013). O seu repertório assenta também em modas que se dançam. Dos bailes de rodas, às danças de jogo, as Papoilas mostram um outro Alentejo em apresentações únicas e originais, as quais incluem oficinas de Modas e Danças Tradicionais.


Grupo Coral “Os Cardadores” da Sete

O grupo surgiu em 2001 na aldeia da Sete. Composto apenas por vozes masculinas, adotou a denominação Cardadores em representação dos homens que tratavam e cardavam a lã. Tem dois trabalhos discográficos editados, intitulados Moda dos Cardadores  (julho de 2003) e  Margarida (março de 2006). Para além do seu vasto repertório do cancioneiro tradicional interpreta também o cante ao menino, janeiras, reis e cante para pedir chuva. Entre outros encontros destaca-se a participação no Festival Nacional de Folclore (Azambuja, junho de 2007), na Planície Mediterrânica - XV Festival Sete Sóis Sete Luas  (Castro Verde, 2007, 2008), na Festa do Trabalhador  (Casa do Benfica de Lenzeburg, maio de 2008).
Tem sido convidado para participar noutros projetos / eventos como Encontro de Violas - Viola Campaniça e Viola Caipira, Pedro Mestre e Chico Lobo  (agosto de 2008), oficinas de cante alentejano, participação no filme Canto a Vozes, da autoria de Francisco Manso.


Grupo Coral Misto da Sete

O Grupo Coral Misto da Sete foi criado em setembro de 2015 e é formado por vozes masculinas e femininas, uma novidade em terras onde o cante é essencialmente interpretado por homens. Com o intuito de preservar a tradição do cante, o Grupo Coral Misto da Sete canta um cante de antigamente, dos tempos em que os trabalhos se faziam nos campos e as modas aliviavam os dias árduos. Apesar de recente, o grupo conta já com mais de uma dezena de atuações.


Grupo Coral “Seara de Abril”

O Grupo Coral “Seara de Abril” nasceu a 4 de dezembro de 2014 como forma de assinalar o primeiro aniversário do Lar “Seara de Abril” de Santa Bárbara de Padrões. O Grupo é atualmente composto por 17 elementos do Lar de Idosos, que com agrado aceitaram o desafio de ensaiar e dar voz a um conjunto de modas tradicionais alentejanas.Espírito de equipa e companheirismo são palavras de ordem deste Grupo Coral que ao cante associa a alegria, a boa-disposição e o convívio.